Atraso na entrega de imóvel representa 70% das reclamações contra construtoras


Associações de mutuários são unânimes: o atraso na entrega de imóveis atingiu um nível crônico. Não há dados nacionais consolidados sobre o tema, mas, segundo estimativas do presidente da Associação Nacional dos Mutuários no Paraná (ANM-PR), Luiz Alberto Copetti, cerca de 70% das reclamações feitas contra as construtoras no Brasil se referem a demora em receber as chaves.

Copetti diz que, além de problemas com mão de obra e material, as empresas alegam dificuldade de obter a documentação da obra:

— Há um empreendimento em Curitiba (PR) que espera, há um ano, a liberação do alvará de construção.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação (ABMH), Leandro Pacífico, nada justifica os atrasos.

— É consequência da ganância das construtoras, que venderam mais imóveis do que poderiam construir. Quem paga o pato é o consumidor — afirmou.

Pacífico alerta que, depois dos atrasos, os defeitos em casas e apartamentos comprados na planta lideram o ranking de queixas dos mutuários. Entre as falhas mais comuns estão portas e janelas que não fecham direito e azulejos mal colocados.

— Ao fazer a vistoria, fotografe tudo. E leve o memorial descritivo do imóvel, que deve ser pedido no ato da compra. Se houver problemas, o consumidor pode até rescindir o contrato.


Fonte: Extra
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates