Falso corretor de imóveis é preso pela polícia dentro de uma agência do Banco do Brasil

Um falso corretor de imóveis vinha aplicando golpes na cidade e vendendo imóveis sem autorização do Creci-Pb, mas a ele acabou preso pela Polícia Civil da Paraíba na manhã desta quinta-feira (Dia 15). Sirio Henrique Dias de Almeida Costa, acusado de estelionato, se passava por corretor de imóveis e vendia casas e apartamentos.


O delegado Gustavo Santos Carletto, da Delegacia de Defraudações de João Pessoa, disse que Sirio agia junto com Ronaldo de Aragão Costa, que se passava por seu motorista e outra pessoa está sendo investigada pela polícia.

A prisão aconteceu dentro aa agência do Banco do Brasil da Avenida Epitácio Pessoa, na Capital. Além do delegado, dois agentes da polícia civil e quatro funcionários do Creci-PB participaram da ação. Os acusados foram levados à Central de Polícia.

Duas vítimas do conhecido 'conto do vigário' já prestaram queixa na delegacia e afirmaram que foram lesadas em mais de R$ 20 mil. A farsa foi descoberta quando uma delas foi à Caixa Econômica Federal e viu que não existia nenhum imóvel em seu nome.
Ainda segundo o delegado, Sirio Henrique, que já possui três processos judiciais por crimes de golpes contra o patrimônio público, deve responder pelo crime de estelionato. Apesar do crime ter sido descoberto, Sírio não vai ficar preso porque o golpe foi dado há um mês e não caracteriza flagrante.

O delegado Gustavo Carletto acredita que outras pessoas também foram vítimas do estelionatário. Ele lembra que, quem quiser denunciar, pode ligar para o Disque-Denúncia, através do 197, ou diretamente para a Delegacia de Defraudações de João Pessoa, através do número 3218-5333.


Fonte: paraiba.com.br
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates