Mercado de luxo é aposta no Estado

Com crescimento no Ceará em cerca de 40% nos últimos três anos, o segmento tem ganhado mais visibilidade 
Contabilizando um crescimento de 10% no ano passado em todo o mundo e uma expectativa mínima de crescimento de mais 15% para os próximos cinco anos só na América Latina, segundo levantamento da consultoria Bain&Company, o mercado de luxo tem se mostrado promissor também em terras cearenses.
Os cearenses representam 90% dos clientes de luxo, mas estrangeiros são nova aposta FOTO: DIVULGAÇÃO 

 No Estado, um segmento deste tipo de negócio vem ganhando cada dia mais visibilidade, tendo saltado cerca de 40% nos últimos três anos. Trata-se do mercado imobiliário de luxo, o qual ostenta uma crescente de lançamentos e de público alvo.


"Isso é resultado do desenvolvimento pelo qual passamos. Além disso, você alia o aumento do preço do metro quadrado ao requinte com a qual o empreendimento é construído e também ao aumento do poder aquisitivo. Tudo isso colabora para o mercado de luxo", afirma o coordenador de vendas da Alessandro Belchior Imóveis, Delano Belchior.

Para ele, a classe média alta também acendeu na pirâmide da sociedade e fez com que este tipo de consumidor passasse a ter acesso a produtos mais caros, neste caso, aos imóveis de luxo cujos preços ultrapassam o R$ 1 milhão. Delano arrisca ainda a dizer que este tipo de produto seria a bola da vez do momento e estima o crescimento em cerca de 40% nos próximos três anos, apostando no foco dado pelas construtoras e no desenvolvimento da cidade.

Empreendimentos

O superintendente de incorporação do grupo Marquise, Reginaldo Rocha, reforça esta ideia ao destacar o investimento em empreendimentos comerciais e residenciais enquadrados dentro do conceito luxo.

Hoje, ele disse ter dois prédios comerciais entregues, um na Beira-Mar e outro na Aldeota, além um terreno comprado (também na Aldeota) e o Mandara, no Porto da Dunas. O último, inclusive, é o produto melhor trabalhado para o conceito luxo, pois é concebido para ser segunda morada. São apartamentos entre 113m² e 148m² com preços entre R$ 650 mil e R$ 1,1 milhão.

Para o diretor de incorporações da BSPar, Fábio Albuquerque, "unidades residenciais de alto padrão são uma boa aposta devido à escassez de terrenos para a construção de novos edifícios e casas nos bairros nobres". A construtora na qual ele é diretor tem no Mirante Dunas o principal empreendimento, destinado para primeira moradia, e defende como diferencial para este mercado um estilo de vida "caracterizado pela exclusividade".

O empreendimento conta com 38 casas (de 312m² e 325m²), quatro vagas na garagem, em terreno de 2,7 mil m² de área de lazer com espaço gourmet, playground, churrasqueira, brinquedoteca, fitness, dentre outros espaços.

Desafio é trazer as pessoas

Responsável pelas vendas de outro grande empreendimento de alto padrão no Ceará, o Aquiraz Riviera, Mário Dias fala ainda que, para crescer em proporções consideráveis, o mercado de luxo precisa ser apresentado ao público cearense.


No resort onde trabalha, os cearenses também são maioria, mas, até chegarem lá, ele disse precisar promover atrativos. Não foram só anúncios de rádio, internet e mídia impressa que seduziram o público. No Aquiraz Riviera, o que funcionou foi a promoção via shows e eventos de maior porte. "O nosso grande desafio é levar o cliente até lá. Posso fazer uma descrição precisa, mostrar o melhor vídeo, mas não há nada melhor que fazer o cliente vir aqui", disse.

A 35 km de Fortaleza, o empreendimento vendido por Dias conta com um resort, um campo de golfe, 606 lotes residenciais de pelo menos 1 mil m², além de mais de 700 apartamentos, e precisou ter eventos nos fim de semana para a divulgação.

A aposta para este ano, no entanto, oscilam entre o atual responsável pelo maior faturamento do mercado de luxo - o cearense - e os estrangeiros que virão com os grandes eventos e as grandes indústrias.

"Os cearenses chegam a 90% dos nossos clientes, mas nós temos que aproveitar essa maré", argumentou o gerente de vendas do Aquiraz Riviera.

O coordenador de vendas da Alessandro Belchior Imóveis também identificou a chegada de executivos os quais deverão fazer parte da clientela de luxo do Estado e todos apostam no evento esportivo como vitrine para produtos disponíveis aqui. 


Fonte: Diário do Nordeste 
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates