Mercado imobiliário - 2013 será o momento de investir em imóveis

No próximo ano, quem quiser ganhar da inflação deverá apostar em investimentos seguros. Imóvel é o mais indicado
A economia nacional sempre está em ebulição. O brasileiro já está vacinado contra os altos e baixos da inflação. É claro que o cenário atual é bem mais seguro do que há dez anos, por exemplo. A inflação, de certa forma está controlada, o poder de compra da população é maior e a garantia de emprego está em patamares altamente positivos.

Ter a certeza de que nossos investimentos estão garantidos é uma de nossas maiores preocupações, principalmente da chamada nova Classe C, que começa a ver a oportunidade de guardar dinheiro e conseguir investir em algum tipo de rendimentos extra. Imóvel, que sempre foi um porto seguro, se apresenta como o investimento mais seguro em 2013. E grande parte da população começa a migrar para ele. Comprando o primeiro imóvel ou mesmo conseguindo ter um segundo para investimento. Mais, no próximo ano, segundo especialistas, o investimento no mercado de imóveis oferecerá proteção contra a inflação dos serviços, a mais preocupante para os poupadores.


De acordo com agente do mercado financeiro, a inflação pelo IPCA deve fechar o ano em 5,43%. A inflação dos serviços, conforme estudo encomendado pelo Banco Máxima à consultoria MB Associados, deve fechar o ano em 8%. Para 2013, esse índice deve ser de 9%. Para se proteger contra isso, os investimentos lastreados em imóveis serão a melhor opção. O indicado serão os fundos imobiliários, aqueles com cotas negociadas em Bolsa que investem em imóveis corporativos como shopping centers, prédios de escritórios e galpões industriais.

Para os que buscam renda com aluguel, a garantia de retorno será ainda maior. Como os contratos são feitos normalmente com correção pelo IGP-M e esse índice capta melhor a inflação dos serviços do que o IPCA, o retorno será ainda mais seguro. Quem reajusta pelo IGP-M sempre revisa os aluguéis para cima, variando conforme o aquecimento do mercado. Se o aluguel vem de fundos imobiliários, que são isentos de Importo de Renda para a pessoa física, a rentabilidade é ainda maior. 


 Fonte: znimovel
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates