Eusébio experimenta ´boom´ do mercado imobiliário

Existência de áreas verdes, boa localização geográfica e menos poluição tornam a região atrativa
Município com maior Produto Interno Bruto (PIB) per capita do Ceará (R$ 27.616), Eusébio tem dezenas de condomínios fechados recém construídos ou ainda em obras como um dos símbolos da expansão que tem registrado nos últimos anos. Atrelada à chegada de novos moradores, a instalação de estabelecimentos grandes estabelecimentos comerciais tem transformado o cenário de uma das cidades que mais cresce no Estado. 

Somente durante o ano de 2013, estima-se que cerca de 40 condomínios residenciais sejam construídos no Eusébio FOTO: JOSÉ LEOMAR 

Para o presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci), Apollo Scherer, aspectos como a existência de áreas verdes, boa localização geográfica e menos poluição, em comparação com a Capital, são alguns dos fatores que tornam a região atrativa. Neste ano, afirma, estima-se que cerca de 40 condomínios residenciais sejam construídos em Eusébio.


Conforme Scherer, em torno de 80% dos condomínios previstos ou em construção são voltados para as classes média e alta, concentrando principalmente residências com 150 a 200 metros quadrados.

O ritmo de crescimento naquela região, complementa, deve se manter nos próximos anos ou mesmo se intensificar, devido à instalação de grandes estabelecimentos comerciais e ao prolongamento do Anel Viário, interligando a CE-040 à ponte da Sabiaguaba.

Tranquilidade

A vontade de "escapar" de alguns dos problemas encontrados em Fortaleza, como os congestionamentos diários e a insegurança foi uma das motivações da farmacêutica Caroline Bernardes, de 26 anos, para mudar-se para o Eusébio, onde reside em um condomínio fechado.

Antes moradora do bairro Edson Queiroz, a farmacêutica conta que costumava demorar cerca de uma hora para se deslocar entre a antiga casa e o trabalho, no bairro Rodolfo Teófilo.

Ganho de tempo

Na nova cidade, afirma, agora demora metade do tempo no trajeto, por conta do trânsito mais livre. Outra vantagem da mudança, relata, é a sensação de mais segurança no município, em relação a Fortaleza. "Foi uma mudança que só teve vantagem", comenta.

Pesquisa é longa

Ela destaca, todavia, que teve dificuldade para encontrar um imóvel com valor compatível com a renda. "Foi um bom tempo de procura". Hoje, mora com o marido em uma casa de 79 metros quadrados, que custou em torno de R$ 130 mil.

Oferta e procura

Diante das vantagens que o município reúne, a oferta e a procura crescem continuamente. Em um dos condomínios fechados em construção na cidade, embora apenas 70% da obra já esteja finalizada, oito das 22 casas oferecidas já estão vendidas.

"Geralmente, quando (a construção) passa dos 80%, todas ou quase todas as casas já estão vendidas", destaca o proprietário do condomínio, Sandoval Victor de Alencar.

Cada residência, informa ele, custa de R$ 840 mil a R$ 1,2 milhão, conforme o tamanho de cada imóvel, o qual varia entre 274 e 390 metros quadrados. Com expectativa de concluir as obras até setembro próximo, o empresário espera já ter vendido todas as casas antes do condomínio ser finalizado.

Planos

Mesmo com muitas casas ainda sendo construídas, os futuros moradores já fazem planos para o novo lar. Um dos atrativos do condomínio, uma pequena igreja ainda em obras, já possui, antes mesmo de ser finalizada, um casamento marcado. 

JOÃO MOURA 


Fonte: Diário do Nordeste
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates