Pesquisa aponta os 10 profissionais mais felizes em 2013

Entre os 10 cargos da lista, pelo menos três deles podem ser ocupados por administradores



Um estudo divulgado pelo site Career Bliss apontou quais as profissões que trazem mais felicidade para os profissionais. Mais de 65 mil profissionais americanos participaram e, de acordo com o ranking, aqueles que combinavam uma boa relação entre chefes e colegas, um ambiente profissional agradável, salário satisfatório, oportunidades de crescimento, além das tarefas diárias e controle sobre a própria agenda, tiveram notas mais altas.

Entre os 10 cargos da lista, pelo menos três deles podem ser ocupados por administradores. Representante de vendas sênior, Gerente de logística e Assistente administrativo executivo

1. Corretor de imóveis

Os corretores de imóveis lideram a lista de felicidade do Career Bliss. A combinação entre horários flexíveis, domínio da própria agenda, possibilidade de conhecer novas pessoas e recompensas financeiras é a razão provável para tanta satisfação. Taxa de felicidade: 4.26

2. Engenheiro de qualidade sênior

Com a missão de acompanhar todo o processo de desenvolvimento de um produto, esses profissionais passam o expediente fazendo testes e escrevendo relatórios, entre outras atribuições. Mesmo assim, os engenheiros de controle de qualidade de software americanos estão muito felizes com sua rotina de trabalho, obrigado. Principais motivos? A relação que mantém com os colegas de trabalho e a empresa para a qual trabalham. Taxa de felicidade: 4.23

3. Representante de vendas sênior

Atenção administradores. Essa é uma vaga que profissionais formados na área têm muitas chances de atuar. De acordo com o CareerBliss, nos EUA, a razão para tanto contentamento está relacionada ao domínio que estes profissionais têm sobre a própria agenda e as atividades que realizam diariamente.

Taxa de felicidade: 4.19

4. Superintendente de obras

Este profissional é responsável por controlar a rotina diária da construção imobiliária. É ele quem garante a segurança dos trabalhadores, produtividade e o cumprimento dos prazos. Trabalha em conjunto com o gerente de operações da construção – que também aparece no ranking. Taxa de felicidade: 4.10

5. Desenvolvedor de aplicativos sênior

Os programadores de computadores ganharam uma nova função nos últimos anos: desenvolver aplicativos para dispositivos móveis, como celulares e smartphones. O programador se vale dos mesmos conceitos que usava há cinco anos com a diferença que a plataforma mudou, os serviços se sofisticaram e o conceito de interação usuário e dispositivo foi revolucionada. Taxa de felicidade: 4.08

6. Gerente de logística

Gerente de logística é outra função que administradores costumar atuar. É dele a tarefa de coordenar o planejamento da produção, estocagem, distribuição e o transporte de produtos, tendo em vistas os recursos da empresa, para atender aos prazos de entrega. No Brasil, tem sido muito demandado na indústria, no setor de construção e na área de exploração de petróleo. Taxa de felicidade: 4.07

7. Gerente de obras

Em conjunto com o superintendente de obras, o gerente tem a missão de coordenar a execução do projeto de construção. De acordo com o BLS, eles podem atuar desde os estágios iniciais de elaboração do projeto até o término da obra. Taxa de felicidade: 4.06

8. Assistente administrativo executivo

No Brasil, a carreira passou por uma revolução nos últimos anos. Os assistentes executivos devem ter fluência em, no mínimo, dois idiomas, além de diploma de ensino superior (de preferência em Administração). Taxa de felicidade: 4.04

9. Engenheiro de redes

O engenheiro de redes tem a missão de analisar a capacidade de atendimento da estrutura física do servidor e da estrutura de software para, com base nestas conclusões, determinar a rede física de servidores e roteadores, além de programas específicos para possibilitar o andamento do serviço online. Taxa de felicidade: 4.02

10. Assistente de controller

Ele reporta seu trabalho diretamente ao controller e tem a tarefa de verificar a rentabilidade dos projetos, acompanhar o fechamento financeiro e elaborar o planejamento da área de finanças da empresa. Taxa de felicidade: 4.02

Você concorda? comentem no formulário  de comentário abaixo

Fonte: administradores
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates