Mercado imobiliário ainda é um bom investimento para 2014

Mesmo com algumas incertezas com relação ao comportamento do mercado imobiliário, especialistas do setor avaliam que apesar de alguns “sustos” na economia, como o risco de alta da inflação, apostar no segmento ainda é bom investimento em 2014. A velocidade de vendas não segue o mesmo ritmo dos outros anos. A euforia que tomou conta do mercado imobiliário cearense, entre 2010 e 2011, cedeu espaço para a moderação na hora da compra.

O consumidor está mais cauteloso e o mercado mais conservador. Contudo, para especialistas, esse ritmo é positivo e coloca o setor na esteira do crescimento equilibrado. Além da acomodação, outras variáveis como a instabilidade das bolsas de valores e alta do dólar colocam o investimento imobiliário como uma opção segura. Segundo Paulo Angelim, diretor da Viva Imóveis, o ano continuará bom para os negócios do segmento. “Sem dúvida alguma será um ano bom. As bolsas continuarão instáveis. Dólar e Euro continuarão se valorizando, desacelerando a corrida por investimentos fora do país e viagens para o exterior. Isso levará os investidores a continuarem buscando a segurança do mercado imobiliário”, argumenta.

Na análise de Fábio Albuquerque, diretor de Incorporações da BSPAR, apesar de sinais controversos do mercado como aumento da taxa de juros em 2013, junto ao recorde de financiamentos imobiliários, 2014 será um bom ano para investimentos. “Há muitos anos, imóveis, sejam eles comercial, residencial ou terreno, têm se mostrado um ótimo investimento. Em 2013, por exemplo, tivemos uma valorização média de 14% nos imóveis residenciais, mantendo assim a trajetória de crescimento do preço já de alguns anos”, resume.

BOM NEGÓCIO

Paulo Angelim explica que é necessário diferenciar o investidor do poupador. A rigor, pondera Angelim, quando um cliente compra um imóvel na planta, financiado, ele está realizando uma poupança forçada com o objetivo de formar patrimônio, seja para uso dele ou familiar, seja para geração de renda locatícia.

Já o investidor tem disponibilidade maior de caixa para aproveitar oportunidades de compra imobiliária com desconto, seja em cotas de terrenos, ou imóveis, em construção, prontos e usados. “Existem boas oportunidades em todos os segmentos. O que não se pode abrir mão é de se observar o potencial de valorização futura do que se está comprando. Nesta questão, a variável mais importante é a localização e melhorias previstas para o entorno, públicas e privadas”, avalia o diretor da Viva Imóveis.

Fábio Albuquerque ressalta que é importante procurar um imóvel que atenda ao interesse do cliente, seja pela localização, preço ou tamanho. “Alguns cuidados sempre são importantes, independente do que for fechar. Por exemplo, se for imóvel pronto, verificar documentação do imóvel para ver se não existe nenhuma pendência; e se for imóvel na planta, verificar junto à construtora documentos como Alvará, Registro de Incorporação, assim como a credibilidade de quem vai construir, tanto financeira como qualidade em construção”, indica.

Para fechar um bom negócio, Angelim recomenda a contratação de uma imobiliária confiável, que dê ao cliente a segurança de que no futuro ele poderá chamá-la à responsabilidade diante de algum imprevisto. “A imobiliária está lá, firme, para atender o cliente em todas as suas demandas, mesmo três ou quatro anos após o investimento”, pontua.



OPORTUNIDADES

Sobre os bairros em Fortaleza que despontam como oportunidade de investimento, Paulo Angelim afirma que nenhum bairro atingiu o teto de valorização. “Uns podem se valorizar mais, outros menos. A tendência é que os bairros menos adensados e que estão recebendo melhorias de infraestrutura viária, como os da região Leste e Sul da cidade, tenham uma maior aceleração de valorização, proporcionando maiores ganhos para os investidores e poupadores”, avalia.

Para onde a cidade cresce, a tendência é que essa valorização seja mais evidente, aponta Albuquerque. Segundo ele, há várias negociações em andamento, mas em regiões consolidadas, como o Meireles, não há praticamente mais terrenos ou imóveis disponíveis, podendo registrar um aumento de preço expressivo pela simples lei da oferta e demanda. “Alguns bairros que estão em evidência são Dunas, Cocó, Guararapes e Luciano Cavalcante”, sinaliza o diretor de Incorporações da BSPAR.

Fonte: O estado ce
 

O Pregador Copyright © 2011 | Template design by O Pregador | Powered by Blogger Templates